Follow by Email

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Fazendo minha parte

Feriadão, emenda, sossego e ... praia! Estive num dos lugares mais lindos que existe em minha opinião: Bertioga, litoral norte de São Paulo! 
Mesmo quando chove me divirto muito neste lugar, onde encontro meus irmãos,  sobrinhos, sobrinha neta  e até seus cães. É onde descanço nos feriados, fim de ano, férias, etc. Nesse tempo que fico lá, chego a brincar de boneca, dar banho em criança, pentear os cabelos de minha sobrinha. E por ai vai.

E entre passeios de carro e idas ao supermercado, trouxe para Sampa, comigo, todo o lixo que fiz. Vejam a foto! Lixo limpo, separado, pronto para a usina de reciclagem.

Além disso, vale lembrar que é de nossa responsabilidade o impacto causado à cidade, país, local que visitamos. Explico: nossas sacolinhas plásticas, o lixo que fazemos, pilhas, pontas de cigarro,  a poluição sonora ou do ar, o trânsito que fazemos, tudo isso interfere e influi diretamente na vida das pessoas do local. Sem contar a poluição dos mares ou rios, florestas, cachoeiras, o que for! Temos que perceber qual é nosso papel  ao estarmos presentes num local. E não vamos esquecer de nossos cães: coisinha brega é levá-lo na praia hein? Ele faz xixi, cocô na areia, não rola!

Ah! mas gastamos nesses lugares e ajudamos no desenvolvimento!! Certo, mas nem por isso temos que deixar marcas, por onde passamos


Na cidade de Bertioga não há politica de separação de lixo, pelo menos se houver, ninguem me disse. E porque jogaria no aterro sanitário de lá? Posso arrumar um cantinho no meu carro e trazer de volta e, aqui, darei o destino correto. Não é legal? Só fico feliz totalmente quando tiro fotos e faço algo para a cidade, nem que seja não deixar minha pegada lá.


Lar Encantado

5 comentários:

remall disse...

já prodizi várias placas que espalhei nas estradas de minha roça:
Leve seu lixo com você; a natureza não precisa dele .

visite: letrinhascombinadas.blogspot.com

Cristina Bortoli disse...

Consciência, querida. A naturalidade com que você age, trazendo a certeza de que ajudou a frear os excessos contra nossa Mãe Terra. Então lembrei de uma frase de Madre Teresa:

"O que eu faço, é uma gota no meio do oceano. Mas sem ela, o oceano será menor."

AVOGI disse...

feriado, sol praisa , ai que saudades e uma invejinha da saudavel alto lá!!
kis :=) fiz-me sócia e (per)seguidora do blogue

Elaine Figueira disse...

Humm! Que bom que pensamos assim, cada um dá sua contribuição da forma que pode!

Bençãos brilhantes de Lua Crescente a todos,

Serena

Ana disse...

Olá Serena :)

Muito obrigada pela visita ao meu blogue.

Já estou a ver que temos muitos interesses em comum. Fico sempre feliz quando conheço alguém que fala da terra com todo o carinho e respeito que ela merece.

Infelizmente, na zona onde vivo, no trabalho, etc, quando falo "nesta linguagem" que poucos entendem, olham-me como se fosse um ET. Mesmo assim, faço sempre o que posso e ensino os meus filhos a ir pelo mesmo caminho, pois reduzir a nossa pegada ecológica, devia ser o principal objectivo de cada um de nós, só assim poderemos assegurar a nossa sobrevivência e a das próximas gerações.

Beijinho