Follow by Email

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Blogagem Coletiva - Teia Ambiental - Veganismo

O que é ser Vegan? Ou Vegano. Muitos tem esta dúvida. Procurei links para  você que ainda não conhece possa conhecer.
Antes de tudo é uma filosofia de vida, baseada na libertação animal e ética com relação a toda vida.  Veja aqui 
Na Teia Ambiental, que pelo próprio nome diz, estarmos interligados de alguma forma, como eu por exemplo, que moro no Brasil fazendo parte dela,  em coexistência com o resto do planeta!
Algumas religiões e filosofias mostram-nos que, nossas atitudes reverberam no Todo.
Temos também,  na mecânica quântica ou física quântica um ótimo filme do ano de 2004 Quem somos nós ,  que pode nos dar um exemplo de algumas teorias e alguns filósofos, como Paul Singer que resumindo, pois o assunto é longo e muito interessante,  tem em sua essência (o assunto) que,  não podemos ser simplesmente pessoas automatizadas, sem crítica de saber de onde vem, e para onde vai aquilo que está a nossa frente, seja um prato de comida, uma roupa, uma criança pedindo esmolas, uma eleição, etc.
E para o planeta?
Posso dizer que o estilo de vida vegano faz com quem saibamos de onde vem aquilo que consumimos. Tem em sua filosofia o boicote a todo e qualquer produto ou serviço que tenha a utilização e/ou exploração  de qualquer animal: seja em um lenço de seda, um favo de mel, ou enxaguante bucal, ou os bancos do carro, um batom, ou o espanador de pó e o travesseiro de plumas, visitar zoológicos, andar à cavalo, exposição de animais em geral.
Como este estilo de vida pode ajudar a frear a fome das pessoas do planeta e o aquecimento global?
A maioria dos grãos plantados e produzidos não são para alimentar o ser humano.
São para a alimentação de animais, destinados ao abate (qualquer que seja ele, ok, aves, bois, porcos, peixes, javalis, avestruzes e muitos mais) em situações cruéis em matadouros.
Se os grãos plantados fossem destinados aos seres humanos (e aqui não falo somente milho, feijão e soja e sim outros tantos mais que existem) haveria uma melhor distribuição de comida por todo o planeta.
Pois sabemos que onde há fome no mundo, não há carne nem água, disponíveis.
Nas indústrias de carne sejam grandes ou pequenos produtores são consumidos grandes quantidades de grãos somente para alimentar animais que servirão como alimento de  uma parte da população do planeta. Incluindo ai, também a grande quantidade de água potável gasta para manter/criar estes animais e lavar o sangue derramado no abate. Além dos desmatamentos de florestas para abrir novas pastagem quanto maior o consumo de carne.
Lembrando que todos somos carne, incluindo: peixes, frangos, porcos, javalis, avestruzes e outros tantos animais que são criados em escala de produção.
Entendem? Ser vegano é não contribuir com esta crueldade com os animais criados incessantemente para atender a demanda de apenas uma parte da população do planeta e a água potável gasta, daria para matar a sede de muita gente.
E mais. Toda vez que o homem "abraça" a pecuária, não só aquele gado, mas os animais selvagens e as florestas ou as florestas ou biomas nativos daquele local, estarão prejudicados. Exemplos são os tigres da Ásia, leões da África, a Amazônia onde é expandida a pecuária, derrubam-se árvores milenares para plantio de grama (pasto)  e aquele piso ficará, inclusive comprometido,(pisoteamento) além dos puns dos bois e vacas ali criados em grande quantidade,  bem como dos suínos que liberam CO2, contribuindo e muito para o aquecimento global .
Ao contrário,  o produtor de grãos e verduras, frutas e legumes, algodão (e se orgânicos ainda) poderia sustentar sua família com dignidade e saúde por muitos anos.
Os pescadores e caçadores de baleias e focas poderiam viver do turismo que a cada dia está mais ecológico e com muitas opções de trabalho, onde o lucro é muito maior, sem degradação ou com a menor possível, do ambiente,  mantendo os animais vivos e os ecossistemas saudáveis.
As pessoas que vivem das florestas podem viver dela de maneira sustentável trabalhando com artesanato regional,  e já existem centenas de projetos implantados assim.
FOTO INTERNET
Por ser uma alimentação completa e balanceada (obviamente que o ser vegano procura se alimentar e saber cada dia mais sobre sua alimentação), sem contudo participar da exploração de qualquer animal que seja. Além de contribuir com a Cultura de Paz, pois sem paz ninguém vive.
É verdade que eu já não uso seda, mel, gelatina, filmes que seriam revelados há muitos anos. Mas ainda cozinhava com leite, ovos e deixei de fazer. Então ai vai uma receita vegan pra vocês. Aproveitem. Trata-se do pão. Todos no planeta deveriam ter direito a tê-lo todos os dias.

10 comentários:

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Vamos prosseguindo batendo na mesma tecla há 2 anos e conscientizando-nos de que podemos muito com o pouco que fazemos a começar pelo nosso próprio lar...
Deus te cubra de bênçãos e te faça feliz!!!
Bjs festivos de paz

Debby disse...

Oi
Obrigada pela visita em meu blog.

Não conhecia esse termo até ler ele aqui e fiquei encantada.
Bjs
Debby :)

Denise disse...

Estamos todos interligados, e a medida que vamos adquirindo consciência, vamos tb expandindo-a. Dia chegará q não nos relacionaremos com os animais de forma tão destruidora. Muita paz!

Flora Maria disse...

Ainda estou longe de ser vegan, apesar de ser vegetariana...
Um dia chego lá !

Admiro muito quem é, quem conseguiu se libertar totalmente dos produtos da exploração animal.

Obrigada pela participação na nossa Teia Ambiental.

Beijo

pensandoemfamilia disse...

Essa interligação ainda não é percebida por todos, infelizmente.

Gostei das suas informações, grata pela partilha.
bjs

Luma Rosa disse...

Sou simpática a essa filosofia de vida. Na verdade sou ovo-lacto-vegetariano e de vez em quando flerto com o crudivorismo e o veganismo. Preciso estudar e me dedicar mais para fazer tudo certo. Gostei muito do seu post! Beijus,

RUTE disse...

Oi Elaine,
estou vindo aos pouquinhos comentar os artigos da teia porque não estou no activo na blogosfera.
Seu post está super informativo. Concordo com você, veganismo é uma filosofia de vida.
Beijinhos.
Rute

Carol M disse...

Adorei o texto, bem informativo!

Eu ainda como carne, =S ... pouco, mas como ...

Mas não uso de jeito nenhum produtos que são testados em animais, não uso nada de pele animal e nem couro ...

Aos poucos, a gente chega lá!

Uma ótima semana pra ti!

Bjinhos

Lori Ellis disse...

Ola Elaine!
Adorei o teu blog!
Sou vegana ha quase dois anos e estou sempre em busca de informacoes e conhecimento para poder compartilhar com as pessoas.
Me sinto muito feliz e em paz comigo mesma nesta minha trajetoria de amor e compaixao pela vida!
Vou ser uma visita constante aqui!
Ha pouco mais de duas semanas criei um blog de receitas "Veganana".
Vou esperar a tua visita por la!
nanablue819.blogspot.com

Grande abraco!

Lori Ellis

Elaine figueira de carvalho disse...

Olá a todas, obrigada pela visita, pelo apoio, sugestões, amo tudo isto. Blogar é sinal de comunicação entre pessoas e sempre gostei de falar e ouvir. A troca não tem preço.