Follow by Email

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Entretenimento : Filme Amor pra Cachorro

Estava zapeando (quando procuramos programas na TV e passamos por todos os canais - assim me disseram) e achei esse filme já iniciado. Confesso que sou uma pessoas  difícil de ser pega pela TV. Assim mesmo assisti e recomendo.
Trata-se de uma moça solteira, que mora sozinha e tem um surto,  depois que sua cachorrinha morre. Ele se torna vegana, tenta salvar todos os cães do mundo, entra em conflito no escritório, com sua família, vizinhos e amigos.
O que gostei é que a proteção aos animais é tratada de forma respeitosa, com muitos alertas, inclusive com inserções da atuação do Peta (www.peta.org) nos Estados Unidos. Além disso, alerta-nos sobre a exclusão dos protetores pela sociedade, e do afastamento que o protetor provoca, muitas vezes conscientemente das pessoas e da sociedade. Peguem na locadora se você quer saber mais desse mundo, muitas e muitas vezes solitário dos protetores de animais.

6 comentários:

remall disse...

como estou meio que de castigo,
um filminho ate que vai bem.

boa semana feliz para vc.

Cristina Bortoli disse...

Esse filme passou em um canal da Sky, mas acabei não assistindo, então vou ficar ligada para a próxima sessão, obrigada pela indicação.

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Elaine querida,

Sabe que é assim que acabamos encontrando excelentes filmes.
Eu também não assisto muita coisa não, mas sempre que vou zapeando também é ai que pego histórias interessantes.
É um excelente tema, ainda não assisti, mas vou ficar atenta, pois como a Cristina também tenho Sky, e se já passou sempre repetem.

Vou aproveitar para te falar que a omelete de batata ficou linda! deu água na boca!
Eu acabei de comer uma agora: só que feita com queijo ralado fresco e salsinha picadinha...ficou uma delícia!

Um grande beijo em seu coração!

RUTE disse...

Desconhecia esse filme, mas como cinefila devoradora, vou procurar!
Grata pela dica.
Beijinhos,
Rute

Ricardo disse...

Oi amiga!
Deve ser mesmo bom esse fime...
Abraços.

KA disse...

Perfeita sua percepção sobre o filme. Poucos entendem esta abordagem. O que só prova a sensibilidade do filme.
abs