Follow by Email

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Blogagem Coletiva - Melhor idade


www.publicarparapartilhar.blogspot.com

Hoje faremos a blogagem coletiva sobre o tema Melhor Idade. Daqui a 10 anos, entrarei oficialmente para a melhor idade, de acordo com a classificação aqui do Brasil. Para tanto, neste ano confesso que comecei a entender o que realmente acontece comigo, o que deixei de fazer, do que me arrependi de não ter feito e depois de tudo, posso dizer que a fase da melhor idade será aquela em que eu estarei mais preparada para alcançar. Explico:

Até pouco tempo eu não imaginava e nem pensava sobre  minhas fases. Quando alguém citava algo sobre determinada fase da vida eu fazia as contas da minha idade e simplesmente tentava achar semelhança entre o que a ciência ou as pessoas diziam e o que eu sentia ou vivenciava. E sentia, muitas vezes, muita ansiedade quando pensamentos de inadequação passeavam em minha mente. Quero dizer com isso que estou hoje, projetando minha idade de amanhã, tanto financeiramente quanto fisicamente e porque não dizer intelectualmente e espiritualmente?

Digo também, que tenho projetos para voltar a estudar, ter outra profissão, fazer um pé de meia, etc,  muito semelhante a renascer após a aposentadoria.

O trabalho que faço hoje me proporcionou muitas coisas, mas também me tirou outras tantas. Não me sinto produtiva, adoeci neste trabalho ou em função dele. Engordei, minha voz ficou estridente e sinto sempre que não fiz o suficiente, tudo porque não gosto do que faço.

Com a chegada da aposentadoria, planejo e já coloco coisas em prática, para o meu futuro, minha velhice. Sei que vou amar viajar por ai, conhecer coisas e pessoas (Portugal me aguarde ;-). Não terei mais horários, para nada. Provavelmente enveredarei pela ginástica para terceira idade.

Estou gostando muito dessa fase da vida que ainda não entrei, e observo a diferença entre idosas que praticam atividade fisica daquelas que não praticam, etc. Quero ser feliz, quero ter apenas as coisas das quais não posso controlar me fazendo surpresas agradaveis ou às vezes nem tanto, sabendo que é nesta fase da vida que começamos a perder pessoas do nosso convivio.

Porisso quero viver, ser feliz e saudável e o resto a gente corre atrás, nem que seja de bengala.

Minha receita é uma simples sopa de ervilhas que fiz para levar para o trabalho (eu levo almoço de casa). Muito simples e nutritiva.

LAR ENCANTADO
Deixo uma xícara de ervilhas secas de molho em água filtrada por umas 12 horas. Troco a água e cozinho na panela de pressão com 1 dente de alho amassado, 1 cebola média bem picadinha,  1 tomate picadinho, 3 colheres de azeite. Deixo suar a cebola, acrescento a água filtrada, as ervilhas, 1 tablete de caldo de legumes, salsinha picada. Depois de 20 minutos na pressão, bato no liquidificador para ficar esse creme. Não coloco nada de carne, bacon ou creme de leite. Simples assim. Para os dias que o trabalho está estressante, é excelente. Alimenta e não pesa no estomago.

13 comentários:

Orvalho do Céu disse...

Olá, amiga
Desejo-lhe que a encontre neste mês assim:

"...um amanhecer colhido na luz do teu olhar,
orvalhado de emoções vividas". (Meliss)

Querida, depois da aposentadoria.... tive tantas e tantas alegrias... esperanças renovadas... novos projetos... que beleza é a consciência do dever cumprido... um novo começar...
As perdas nessa nossa Melhor Idade são inevitáveis... mas tem um fator que nos permite refletir ainda mais sobre como estamos vivendo e como chegaremos daqui a 10 anos... como por exemplo vc...
Colocou a minha sopinha preferida... e, se deixar, não a degusto somente à noite... de tanto que gosto...
Lindo post!!!

No dia 22, tem festa no meu blog que fará 2 anos... vou esperar vc, com muito carinho...
A nossa Blogagem Coletiva é: O QUE É ESPIRITUALIDADE PARA MIM???
Participe como puder... seja muito bem vinda!!!

Mesmo que uma lágrima brote como o orvalho em nossa face nesse momento...
Confiemos que Deus tem toda a proteção da nossa vida...
Espero vc no próximo mês...
Bjs de paz
http://espiritual-idade.blogspot.com/

Gina disse...

Seja feliz, hoje e sempre.
Deixa eu lhe contar uma coisa. Preparei-me para a aposentadoria, porque penso que algumas decisões são importantes na vida. Tive um trabalho, em parte, estressante. Mas tentei dar uma equilibrada, realizando atividades prazerosas paralelas, criando motivações no próprio trabalho e cheguei ao ponto de esperar a segunda-feira de tão ansiosa para ir trabalhar, quando estava num desses momentos de grande motivação. Assim eu superei os momentos estressantes.
Aproveite muito o que a vida tem a lhe oferecer e permita-se ser feliz!
Sopa de ervilha é um sucesso aqui em casa.
Bjs.

✿ chica disse...

Que legal isso! Sonhar e planejar uma velhice e aposentadoria pra poder fazer o que gostas e o que não deu pra fazer ainda... Muito bom pensar assim...beijos,tudo de bom,chica

Bel Rech disse...

Quando não fazemos o que nos agrada, mudamos um pouco...nada como fazer o que gostamos, mas nem sempre podemos.Não deixar para amnhã o que podemos fazer hoje...
Paz e bem

Lucinha disse...

Elaine,

Eu também planejo uma velhice com qualidade de vida. Nessa nossa correria, trabalho etc, não temos tempo pra fazer essas coisas.
Já coloquei em prática isso na minha rotina, desde que saí do Brasil, mas eu sei que a nossa realidade aí, não é a mesma daqui. Ás vezes, fica difícil viver como queremos.
Acho que temos a mesma faixa de idade, pelo que você descreveu.
Pra mim, a melhor idade é aquela que estamos vivendo.
Beijos

AnaCristina disse...

eu precisava, mas nao consigo levar comida para o trabalho! nao veo a hora de me aposentar e ficar em casa do dia inteiro so bordando! linda sua postagem! quando puder da uma espiadinha na minha participação:

http://anacristinap.blogspot.com/2011/08/blogagem-coletiva-fases-da-vida-melhor.html

bjo brigadu

aprendereorganizar disse...

Adorei ler este texto...
A sopinha deve ter ficado uma maravilha:)

Elaine Figueira disse...

Ai! Tantas dicas e pontos de vista diferentes, interessantes. Que troca maravilhosa! Que terapia! Obrigada por todas as dicas e conselhos AMEI! Posso dizer que estou mesmo com a ajuda de todos planejando a Terceira Idade. São bençãos recebidas que compartilho com todas ou todos.

Elaine

RUTE disse...

Querida Elaine,
amei seu testemunho. Me identifiquei por demais. Também tenho planos para pós aposentadoria. Em principio irei para o terreno da aldeia que comprei e lá me dedicarei à agricultura de subsistência, apicultura,... pretendo até dinamizar a aldeia ajudando no centro comunitário que lá existe!

Menina, aguardo com entusiasmo sua visita a Portugal!!!
Beijinhos.
Rute

Virginia Jesus Fassarella disse...

Elaine, é isso mesmo, vai viajar menina, aproveitare para conhecer outros ares, principalmente este país que colonizou o nosso que é tão irmão e se um dia eu tiver a oportunidade irei também. Lindo depoimento. Beijos.

remall disse...

Elaine, me aposentei muito nova, com 32 anos. Adoro não usar mais relógio, poder fazer o que quero sem horários ou regras, Costume dizer que fiquei com um animal selvagem, faço o que quero, quando quero, e como quero. Viajo muito, faço trabalhos voluntários, faço nada e fico vendo a vida passar.
Fases da vida comigo não funcionou muito, pois não me enquadro no que a sociedade projetou como deve ser a vida.
Só sei que sou feliz de carteirinha,agora, ando passando uma fase muito difícil com a doença de minha mãe, mas pode ter certeza quando sua aposentadoria chegar, você vai se divertir muito, é só não deixar a vida ficar parada.
ah, e sobre sopa de ervilha, gosto muito.

Lina disse...

Olá, Elaine!Penso exactamente como você!Não vejo a aposentadoria como um fim de tudo, mas sim como um novo começo, também penso no que farei nesta fase e gostava muito de viajar!
Adorei seu texto, pôs-me a sonhar!
Beijinhos

Flora Maria disse...

Elaíne:
Sinto-me um peixe fora da água por ter sempre tido sentimentos e vida tão diferentes da maioria de vocês...

Nunca quis ter uma profissão, casei com um homem que sempre me sustentou e vivenciei a vida doméstica e a criação dos filhos como o lógico e normal na vida de uma mulher. E muito feliz sempre fui dessa forma !

Aos 46 anos mudamos radicalmente de vida, morando num sítio, em cidade pequena. Meu marido largou um emprego seguro, para viver uma grande "aventura" alternativa. E a vida ficou melhor ainda!

O que quero dizer é que não devemos esperar pelo futuro para realizar nossos sonhos. Apesar de continuar sonhando e planejando para o futuro!

Também não somos "cabeças-de-vento", sem responsabilidade ! Apenas optamos pelo "viver simples" e isso é muito bom.

Desculpe a intromissão, mas não consegui me conter !

Desejo que v. realize seus projetos e desejos, sempre que possível, não somente esperando pelo amanhã.

Beijo carinhoso.